quinta-feira, abril 13

VARIG

Tristeza.
É essa a palavra que define o que sinto ao ver os noticiários sobre os rumos dessa empresa.
De 1977 à 1994, meu marido (Marcelo) trabalhou na Varig/SP.
Casamos,nossos filhos nasceram,compramos nossa tão sonhada casa própria,viajamos,fizemos amigos, muitos amigos que até hoje temos contato, fomos padrinhos de casamento de alguns,vimos nascer filhos de outros tantos e tudo isso dentro da Varig!
Léo participava da escolinha de futebol e de karatê no GEFUVAR(Grêmio dos Funcionários da Varig),mais conhecido como "Chuvisco", viajou defendendo o nome da empresa em outras cidades,ganhou medalhas!
O Marcelo foi diretor de esportes do Gefuvar,pelo simples prazer de se dedicar ao que sempre gostou: esportes e por amar a empresa que trabalhava.Quantos finais de semana passamos ali, organizando e participando de campeonatos, digo passamos porque eu também ajudava. Participava das festas das crianças, distribuindo brindes,presentes,lanches, etc....nessa época da Páscoa, eram distribuídos chocolates doados por grandes empresas do ramo para crianças que talvez só fossem comer aquele chocolate ganho ali....
A despedida ao "Seu Hélio Schmidt"....(ex-presidente da Varig)
O último vôo do Electra!
O Romário com a bandeira do Brasil na janela da cabine do avião ...

São muitas histórias vividas dentro da Varig que poderiam ser citadas aqui nesse desabafo....

E agora ver a empresa quase fechando as portas é de cortar o coração! Quantas pessoas ficarão desempregadas? Cada funcionário sustenta de 4 a 6 pessoas. Quantos não estão em vias de se aposentar?

Na minha opinião alguém tem que salvar a Varig!

O governo poderia, se quisesse,como bem disse ontem o William Waack, mas se mantém firme na posição de não injetar dinheiro público em empresa privada.
Mas poderia pagar à Varig que já ganhou em duas instâncias da Justiça,a dívida de R$ 4,5 bilhões provocada por perdas financeiras no Plano Collor, mas a Advocacia Geral da União está disposta a recorrer até ao Supremo Tribunal Federal.Para os advogados do governo a crise da Varig foi causada por má gestão.

Claro que deve ter sido, mas isso não justifica que não se pague o que se deve.

E hoje quando comecei a ler as notícias do dia, vejo que o governo está financiando pesquisas já realizadas com recursos públicos para implantação do sistema de TV digital japonês no país. Oras!!! faça-me o favor, né? tem lugares neste país que nem luz elétrica tem!
Pode ser que esteja falando bobagens levada pelas emoções, mas a Varig pra mim é um símbolo brasileiro.

Conheça aqui a história da Varig.

Se voce não assistiu ao jornal ontem pode ver aqui.

Com o vídeo abaixo termino esse post, rezando e pedindo que a Varig tenha salvação e que no final deste ano possamos ouvir novamente a música que não tem quem não tenha ouvido uma vez sequer!



"Estrela brasileira no céu azul
Iluminando de norte a sul
Mensagem de amor e paz
Nasceu Jesus, chegou o Natal
Papai Noel voando a jato pelo céu
Trazendo um Natal de felicidade
E um Ano Novo cheio de prosperidade
Varig, Varig, Varig!"


(autoria de Caetano Zamma, criada em 1960)

UP-DATE:Acabo de abrir a página do jornal da minha cidade e para minha surpresa lá está o nome do nosso amigo/irmão e afilhado: Faustino Pereira. Esse é competente e veste a camisa da empresa!

Um comentário:

milton toshiba disse...

Lila, amanhã o post é sobre o filme do Langdron.
Boa noite
Bjs