terça-feira, janeiro 30

Dia da Não Violência

Um dia que deveria ser todo dia



“A não-violência é a mais alta qualidade de oração. A riqueza não pode consegui-la, a cólera foge dela, o orgulho devora-a, a gula e a luxúria ofuscam-na, a mentira a esvazia, toda a pressão não justificada a compromete”. (Gandhi)



Em 1948, no dia 30, Mahatma Gandhi, líder indiano fundador do movimento de não-violência, foi brutalmente assassinado aos 78 anos, por um hindu de 39 anos chamado Nathuram Godse.




Onde foi que Gandhi aprendeu o princípio da não-violência? A maior parte foi no cristianismo. Cedo na vida ele leu no Novo Testamento as instruções de Cristo para não revidar o mal, mas dar a outra face. Gandhi declarou anos mais tarde: "Aquelas palavras entraram direto em meu coração."

Embora tenha sido a vida toda um admirador de Jesus, Gandhi nunca se sentiu compelido a se tornar cristão. Ele preferiu ficar examinando as religiões do mundo, guardando as grandes verdades e a esplêndida poesia de todas elas. (extraído daqui)




Minha opinião: enquanto não houver amor por si próprio não há como amar o próximo, enquanto houver a sede da ganância pelo poder haverá violência, infelizmente!



Mas meu sonho é e sempre será de ver o mundo vivendo em paz! não sei se estarei aqui quando esse dia chegar, mas ficarei imensamente feliz por aqueles que aqui estiverem.


Aqui encontrei um ótimo texto sobre Gandhi.








blogagem coletiva proposta pelo Lino.

8 comentários:

Cejunior disse...

Belo post. Ghandi não poderia ser esquecido nesta data.
Um beijo

DELETADO disse...

LILA, muito prazer em conhecê-la e me sinto feliz que um movimento tão belo tenha me guiado ao seu lindo blog.
Estou como todos vocês, muito honrada e feliz de participar dessa blogagem coletiva liderada por nosso amigo Lino.
Meus parabéns e sucesso a todos.
SôniaSSRJ

http://www2.blogger.com/profile/01255964598019659102

Saramar disse...

Muito bom oseu post.
O título diz tudo. Todos os dias deveriam ser de paz e então viveríamos no paraíso.
mas o homo sapeins não quer, nao sabe e não procura a paz.

beijos

Lila disse...

Cejunior, Gandhi não era santo, mas foi sem dúvida um grande articulador da paz,obrigada pela sua visita!

Sônia,o prazer é meu, obrigada pelas suas palavras,volte sempre! beijo

Saramar esse dia deveria ser uma constante em nossas vidas, mas como vc.mesma disse o homem não sabe o significado da paz!
beijo

Livros & Literatura disse...

"Quando o poder do amor superar o amor do poder, o mundo conhecerá a paz."
(Jimmy Hendrix)

Lila, muita paz para todos nós.

Marcela Vieira.

marcelo disse...

Lila, em tempo já vou precisar trocar o nome de uma personagem de um conto que vou publicar daqui a alguns dias//adoro esse nome + a personagem é porradona!

"Minha opinião: enquanto não houver amor por si próprio não há como amar o próximo, enquanto houver a sede da ganância pelo poder haverá violência, infelizmente!" CONCORDO PLENAMENTE SEM ACRESCENTAR + NADA!!!

BJS+PAZ+LUZES!!!

Jôka P. disse...

Querida Lila,
olhando aqui no seu PERFIL do blog notei que sua idade consta como sendo de 250 anos.
Caramba ! Você está conservadíssima !
Queria que me passasse em off TODOS os seus poderososos segredos de longevidade, tá !
BeiJôkas !

Silvia Regina disse...

Adoro Gandhi!! Obrigada por me visitar, eu que ando tão sumida da blogsfera, porque tô trabalhando em um site, e fica parecendo que tô trabalhando qdo tô visitando blogs, tá tudo meio confuso... hehehe. Mas logo logo entra tudo nos eixos de novo, assim espero... vou continuar lendo os posts que eu perdi. Bjs!!