quarta-feira, novembro 5

Dia Histórico

Barak Obama - eleito Presidente dos EUA!

O vídeo abaixo, texto e tradução da letra, foi a Bruna que enviou por e-mail pro nosso grupo e achei que deveria ficar registrado aqui no blog:




Yes, we can

"Sim, nós podemos" para a justiça e a igualidade. "Sim, nós podemos" para a oportunidade e a prosperidade. "Sim, nós podemos" curar esta nação. "Sim, nós podemos" consertar este mundo.

Quando superamos desafios aparentemente intransponíveis. Quando nos disseram que não estávamos preparados, ou que não deveríamos tentar, ou que não podemos, gerações de norte-americanos responderam com uma crença simples, que resume o espírito de um povo. "Sim, nós podemos". Esta crença foi escrita nos documentos fundadores, que declararam o destino de uma nação. "Sim, nós podemos".

Era sussurrada por escravos e abolicionistas, enquanto abriam uma trilha rumo à liberdade nas noites mais escuras.

"Sim, nós podemos". Foi cantada pelos imigrantes que deixavam terras distantes e pelos pioneiros que caminhavam para o Oeste, apesar da natureza impiedosa.

"Sim, nós podemos. Era o chamado dos trabalhadores que organizavam; das mulheres que chegavam às urnas, de um presidente que escolheu a Lua como nossa nova fronteira; e de um rei* que chegou ao topo da montanha e apontou o caminho à Terra Prometida. "Sim, nós podemos" para a justiça e a igualidade. "Sim, nós podemos" para a oportunidade e a prosperidade. "Sim, nós podemos" curar esta nação. "Sim, nós podemos" consertar este mundo.

"Sim, nós podemos".



* rei

Faço minha a pergunta da Bruna:

Será que "Sim, nós podemos" ser assim, aqui no Brasil?

Um comentário:

vania disse...

bom a respeito da grande familia quero que minha familia louca roberto irineu marinho transformou a minha cidade em presidio para me manter preso